• SESI/MT
  • SENAI/MT
  • IEL/MT
  • Sistema FIEMT
Voltar

Educação ambiental desperta interesse pelo cultivo de plantas

05/06/2020 - 15h15

Vitor Noel Brandão Silva, 17 anos, do 2º ano do Novo médio do Sesi Escola Cuiabá, sempre gostou muito de animais, mas não tinha tanto interesse em plantas. Na verdade, costuma dizer, porque não sabia como cuidar e também por nunca ter tido uma plantinha para chamar de sua.

Mas o interesse pelas espécies ornamentais foi despertado quando participou de uma aula de campo com a turma, no ano passado, promovida pela professora Cássia Cristina Barbueno, da disciplina Ciências da Natureza. O passeio foi no Horto Florestal Tote Garcia. Por lá, o estudante conheceu espécies diferentes, ouviu sobre as árvores e as plantas que são cultivadas no terreno do parque e como elas favoreciam a vida de alguns animais.

“Ganhei três mudas de babosa e comecei a me dedicar e a gostar delas. É muito satisfatório ver como elas se desenvolvem. Perceber que o esforço que a gente faz para o cultivo, vê-las crescerem e gerarem outras mudas é muito prazeroso”.

Para se dedicar ao novo hobby, Vitor estuda e pesquisa sobre técnicas e diferentes adubos orgânicos. “Utilizo cascas de ovos, frutas e legumes para potencializar seu crescimento”, dá a dica.

Para ele, a importância da preservação do meio ambiente é fundamental para todos. “Ter alguma planta para cuidarmos em casa já é um começo para despertar a consciência ambiental. Além disso, ficamos em contato mais direto com a natureza e isso nos incentiva a cuidar do nosso planeta”.

A mãe, Luciana Brandão, que é coordenadora pedagógica, reafirma a importância de uma aula experimental. “Ele sempre gostou muito de bichos e descobriu que ama as plantas, em especial as Aloe Vera (babosa) e as suculentas. Me surpreendi com a quantidade de mudas e vasinhos que ele está cultivando. Agora, a intenção dele é produzir os próprios vasos de cimento e vender práticas de empreendedorismo”, comemora.

Percepção ambiental

A professora Cássia, declara que para a missão de ensinar os valores intrínsecos às questões ambientais é possível trilhar diversos caminhos. Um deles é explorar a maneira de como o aluno percebe o meio ambiente, ou seja, desenvolver nele a percepção ambiental. Para tanto, as experimentações no ambiente escolar é um importante espaço para atingir resultados positivos na educação ambiental. Os passeios e as vivências também são incluídos no processo.

Para a educadora, o incentivo aos jovens e crianças deve ir além das discussões sobre temáticas ambientais dentro do espaço escolar. “Faz parte de um projeto da escola, no qual, durante as visitas, trabalhamos temas como impacto ambiental, fragmentação do ambiente, fauna e flora".

Ela aponta ainda que o Sesi também desenvolve o projeto de horta de solo e hidropônica, visitas em universidades, entre outros, sempre verificando o interesse e o engajamento dos alunos com a questão ambiental. "Trabalhar a educação, a percepção, a consciência e a sensibilização ambiental com jovens estudantes possibilita mudanças no modo de agir e de tratar a preservação do meio, dentro e fora do ambiente escolar", finaliza.

Acompanhe o Sistema Fiemt nas redes sociais:

Sistema FIEMT / SESI-MT - ​​Serviço Social da Indústria
Avenida Historiador Rubens de Mendonça, 4.193 - Centro Político Administrativo
Cuiabá - MT / CEP 78049-940 | Fone: (65) 3611-1500 / 3611-1555